Macarronada com Molho a Bolonhesa!

Image

Na quinta-feira o Studio do Sabor preparou uma aula super especial de macarrões. Você vai aprender a fazer massas frescas como ravioli e capeletti e muito mais! Ficou com vontade? É só mandar email para studio@studiodosabor.com.br !

Mas, já que agora deu aquela vontade de comer macarrão, que tal um receita de molho bolonhesa?!

Essa aqui é a verdadeira receita do molho, autenticada pela camera de comercio da Bolonha, lá na Itália.

  • azeite
  • 3 dentes alho
  • 1 cebola
  • 1 talo de salsão 
  • 1 cenoura pequena
  • 1 pimenta fresca dedo-de-moça sem sementes
  • 150 g de pancetta (bacon com carninha)
  • 500 g de carne moída (patinho)
  • pimenta-do-reino preta moída na hora
  • 200 ml de vinho branco ou tinto seco
  • 1 lata normal  de extrato de tomate
  • 200 ml de leite integral
  • sal

Doure a pancetta no azeite, junte a cebola, o pimenta dedo-de-moça e o alho(todos picadinhos) e espere dourar. Misture a carne(tempere com sal e pimenta do reino), a cenoura e o salsão. Depois da carne refogar, coloque o leite e deixe ferver até reduzir, adicione o extrato de tomate e em seguida o vinho. Deixe o molho consistente e ai, pronto! É só juntar com o macarrão e o queijo ralado que vai ficar uma delícia!

Como cortar cebola sem as lágrimas

chopping-onions-cortar-cebolas-cebolas-studio-do-sabor

Na hora de picar cebola, é sempre a mesma coisa, as lágrimas começam a cair e embaçar a visão. Então hoje, o Studio do Sabor vai dar dicas de como cortar esse alimento sem a choradeira.

1: Corte a cebola no meio (na vertical – da raiz à ponta)

2: Tire só a ponta (e não a raiz) e descasque a cebola.

3: Corte na vertical(não corte a raiz!) em fatias finas.

4: Corte na horizontal segurando a cebola com as pontas do dedos – sempre enrole as pontas para dentro, assim as juntas ficam para fora. Quando chegar no fim, vire a raiz de lado e corte em volta dela.

5: Repita do outro lado!

 

Arroz, feijão e bife

arroz_feijao O nosso prato de cada dia, não? Cozinha brasileira é isso! Mas, como fazer para os três ficarem perfeitos? O Studio do Sabor dá as dicas de culinária para o para rotineiro sair delicioso!

Para o arroz ficar soltinho nossa escola de culinária recomenda adcionar gotas de suco de limão no cozimento para o arroz ficar soltoinho e também colocar um pedaço de manteiga na panela para a água não transbordar! Proporções também são importantes. Para o arroz agulha, são duas partes de água para cada parte de arroz.

Para o feijão, só acresente o sal no final, assim o alimento fica macio. Também acrescente louro na panela para dar aquele gosto especial .

Para o bife ficar macio acrescente uma colher de café de fermento em pó na hora de cozinhar e frite os bifes em fogo alto para ficarem suculento. Tambem, o sal, só na hora de servir!

Utensílios básicos para sua cozinha

utensilios-cozinha-secXX-Musée Cernuschi-ParisUm dos utensílios básicos no mundo da culinária é, sem dúvida, a panela.

Aquelas com cabo, que são o curinga da cozinha, são ideais para frituras e molhos.

As caçarolas, que se diferenciam das outras panelas pelas duas alças laterais, são de material resistente e vão do fogão ao forno e do forno ao fogão. As maiores são usadas para guisados e ensopados

As frigideiras são utilíssimas: as mais pesadas são úteis para fritar e as mais leves para saltear.

A panela de pressão é essencial na cozinha dos brasileiros. Ela acelera o cozimento. É nela que se cozinha o feijão, por exemplo.

A espagueteira facilita e muito o preparo de massas.

O wok é originário da China e muito usado na culinária asiática. Tem a forma de uma meia esfera metálica ou cerâmica, munida de duas alças ou de um cabo. Alguns woks têm o fundo plano, dando-lhe uma forma semelhante à de uma frigideira. Usado para frituras e vários tipos de cozimento.

Agora confira a lista que o Studio do Sabor preparou dos utensílios para cozinha:

UTENSÍLIOS BÁSICOS PARA COZINHA

Abridor de garrafa

Abridor de lata

Assadeiras e fôrmas de tamanhos variados (fôrma para quiche, empadinha e muffin).

Avental

Balança

Batedeira

Batedor de carne

Batedores ou fouet

Bowls de tamanhos variados

Chapéu/lenço/touca/bandana

Coador

Colher de pau (2 para salgado e 1 para doce)

Conchas

Conjunto de medidores (colheres)

Descascador de legumes

Escorredor

Escorredor de arroz

Escumadeira

Espagueteira

Espátulas de silicone

Espremedor de alho

Espremedor de batata

Espremedor de frutas

Faca de chef

Faca de pão

Faca pequena

1 Frigideira Tefal

Frigideiras de tamanhos variados

Grelha

Leiteira

Liquidificador

Luvas térmicas

Panelas diversas e de tamanhos variados

Panos de prato

Pão duro

Pegador de massa

Peneiras (pequena, média e grande)

Pinça

Pincel

Processador

Ralador

Tábuas

Tesoura

1 Wok

Dicas para o feijão com arroz

arroz-com-feijão

Nada como um delicioso prato de arroz com feijão. Uma arroz soltinho e um feijão saboroso é a combinação perfeita.

Não há uma origem comprovada mas a hipótese mais aceita é a de que esse típico prato brasileiro seria fruto de uma combinação do arroz (de origem oriental) trazido pelos portugueses ao Brasil com o feijão, que já seria consumido no Brasil pelos índios.

Arroz e feijão são, de fato, uma dupla inseparável devido à riqueza de nutrientes. Aminoácidos que um não tem o outro possui, por exemplo. Esses alimentos se complementam. Segundo a Embrapa, um prato de arroz com feijão garante a absorção de mais de 80% da sua proteína.

“Além de ser uma excelente fonte de proteína, o arroz oferece carboidratos, vitaminas e sais minerais”, diz Luci Uzelin, coordenadora da nutrição do Hospital Israelita Albert Einstein.

E agora as dicas do blog do Studio do Sabor para esse nosso prato tão gostoso do dia a dia:

– Se for previamente lavado, o arroz deve estar bem seco antes de ser colocado na panela

– O arroz deve ser mito bem refogado na gordura

– Respeitar a quantidade de água que deve ser de 2 (xícaras) para 1 (xícara) de arroz

– A água deve estar fervente

– Solte o arroz com um garfo quando estiver pronto

– Para o feijão: use bastante cebola e alho para dar sabor e ainda cozinhe com linguiça, paio ou carne seca