Utensílios básicos para sua cozinha

utensilios-cozinha-secXX-Musée Cernuschi-ParisUm dos utensílios básicos no mundo da culinária é, sem dúvida, a panela.

Aquelas com cabo, que são o curinga da cozinha, são ideais para frituras e molhos.

As caçarolas, que se diferenciam das outras panelas pelas duas alças laterais, são de material resistente e vão do fogão ao forno e do forno ao fogão. As maiores são usadas para guisados e ensopados

As frigideiras são utilíssimas: as mais pesadas são úteis para fritar e as mais leves para saltear.

A panela de pressão é essencial na cozinha dos brasileiros. Ela acelera o cozimento. É nela que se cozinha o feijão, por exemplo.

A espagueteira facilita e muito o preparo de massas.

O wok é originário da China e muito usado na culinária asiática. Tem a forma de uma meia esfera metálica ou cerâmica, munida de duas alças ou de um cabo. Alguns woks têm o fundo plano, dando-lhe uma forma semelhante à de uma frigideira. Usado para frituras e vários tipos de cozimento.

Agora confira a lista que o Studio do Sabor preparou dos utensílios para cozinha:

UTENSÍLIOS BÁSICOS PARA COZINHA

Abridor de garrafa

Abridor de lata

Assadeiras e fôrmas de tamanhos variados (fôrma para quiche, empadinha e muffin).

Avental

Balança

Batedeira

Batedor de carne

Batedores ou fouet

Bowls de tamanhos variados

Chapéu/lenço/touca/bandana

Coador

Colher de pau (2 para salgado e 1 para doce)

Conchas

Conjunto de medidores (colheres)

Descascador de legumes

Escorredor

Escorredor de arroz

Escumadeira

Espagueteira

Espátulas de silicone

Espremedor de alho

Espremedor de batata

Espremedor de frutas

Faca de chef

Faca de pão

Faca pequena

1 Frigideira Tefal

Frigideiras de tamanhos variados

Grelha

Leiteira

Liquidificador

Luvas térmicas

Panelas diversas e de tamanhos variados

Panos de prato

Pão duro

Pegador de massa

Peneiras (pequena, média e grande)

Pinça

Pincel

Processador

Ralador

Tábuas

Tesoura

1 Wok

BOEF BOURGUIGNON

boef-bourguignonO bœuf bourguignon é um dos mais famosos pratos da culinária francesa tradicional.

Julia Child em seu livro ‘Dominando a Arte da Culinária Francesa’ o descreve  como “certamente um dos mais deliciosos pratos de carne inventadas pelo homem”.

Tem origem na região da Borgonha (em francês, Bourgogne), no leste da França, assim como outros pratos famosos como o coq au vin e o escargot.

É um cozido preparado com carne assada no vinho tinto e caldo de carne, geralmente aromatizado com alho, cebola e bouquet garni, com minicebolas e cogumelos adicionadas no final do cozimento.

Fala-se  que o bœuf bourguignon é um dos muitos exemplos de pratos camponeses que foi  lentamente refinado pela alta cozinha francesa.

No 14 de julho o Studio do Sabor presta sua homenagem à cozinha francesa:

BOEUF BOURGUIGNON

Ingredientes:

  • 1kg de músculo, alcatra ou filé mignon em cubos
  • 150g de toucinho
  • 4 colheres (sopa) de óleo ou manteiga
  • 2 cebolas picadas
  • Cenouras baby a gosto
  • 3 dentes de alho picados
  • 600ml de vinho tinto seco
  • 400 ml de fundo de carne
  • 200g de champignons
  • Minicebolas a gosto
  • Açúcar (quanto bastar)
  • Manteiga (quanto bastar)
  • 1 bouquet garni (opcional)
  • Farinha de trigo (quanto bastar)
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:

Frite o toucinho com o óleo, na panela, acrescente a cebola e o alho.

Doure a carne, já temperada com sal e pimenta, e já envolvida na farinha de trigo.

Adicione o vinho, deglaceando, e acrescente o fundo de carne e  o bouquet garni.

Cozinhe por aproximadamente 2 horas em fogo baixo, acrescentando o caldo (fundo) e o vinho, sempre que necessário. Na metade do cozimento, acrescente as cenouras e mais ao final, os champignons.

Em uma frigideira, coloque as minicebolas e um pouco de água, deixe cozinhar, e acrescente o  açúcar e a  manteiga para caramelizar as cebolas.

Incorpore à carne. Sirva a seguir.

Bom apetite!

Dicas para o feijão com arroz

arroz-com-feijão

Nada como um delicioso prato de arroz com feijão. Uma arroz soltinho e um feijão saboroso é a combinação perfeita.

Não há uma origem comprovada mas a hipótese mais aceita é a de que esse típico prato brasileiro seria fruto de uma combinação do arroz (de origem oriental) trazido pelos portugueses ao Brasil com o feijão, que já seria consumido no Brasil pelos índios.

Arroz e feijão são, de fato, uma dupla inseparável devido à riqueza de nutrientes. Aminoácidos que um não tem o outro possui, por exemplo. Esses alimentos se complementam. Segundo a Embrapa, um prato de arroz com feijão garante a absorção de mais de 80% da sua proteína.

“Além de ser uma excelente fonte de proteína, o arroz oferece carboidratos, vitaminas e sais minerais”, diz Luci Uzelin, coordenadora da nutrição do Hospital Israelita Albert Einstein.

E agora as dicas do blog do Studio do Sabor para esse nosso prato tão gostoso do dia a dia:

– Se for previamente lavado, o arroz deve estar bem seco antes de ser colocado na panela

– O arroz deve ser mito bem refogado na gordura

– Respeitar a quantidade de água que deve ser de 2 (xícaras) para 1 (xícara) de arroz

– A água deve estar fervente

– Solte o arroz com um garfo quando estiver pronto

– Para o feijão: use bastante cebola e alho para dar sabor e ainda cozinhe com linguiça, paio ou carne seca

Como fazer peixe à milanesa ?

peixe-a-milanesa-studio-do-sabor

Quinta-feira é dia de receitas básicas aqui no blog do Studio do Sabor. Hoje, vamos ensinar para vocês como fazer um belo filé de peixe à milanesa. Primeiro, algumas dicas essenciais da Cozinha do Studio do Sabor.

Para fazer um bom prato à milanesa o segredo é temperar bem, pois o empanado esconde um pouco o sabor do ingrediente. O óleo deve estar quente, mas não demais, caso contrário queima rapidamente por fora e não cozinha por dentro. Finalmente, quando retirar o peixe (ou frango, ou carne) da frigideira deve ser com uma escumadeira, colocar em cima de papel toalha, e não colocar um empanado sobre outro, pois perde a crocância.

Agora que você já tem as dicas, aqui vai a receita do filé de peixe à milanesa:

Ingredientes:

500g de filé de peixe (linguado, pescada …)

2 ovos (temperatura ambiente)

Farinha de trigo (quanto baste)

Farinha de rosca (quanto baste)

Sal e pimenta do reino a gosto

Óleo (para fritar)

2 colheres (sopa) de salsinha picada

Modo de preparo:

Tempere os filés de peixe com sal e pimenta do reino e reserve.

Bata os ovos e adicione uma pitada de sal.

Passe os filés  na farinha de trigo, nos ovos batidos e na farinha de rosca,e finalmente frite-os em óleo quente.

Salpique de salsinha picada.

Esperamos que fique uma delícia! Para saber outras receitas e aprender mais dicas sobre como cozinhar, inscreva-se nas aulas do Studio do Saborhttp://bit.ly/1aSjlbZ

Não esqueça de curtir nossa página do Facebook para saber todas as novidades do Studio do Saborhttp://on.fb.me/123ynUi

Entre na nossa cozinha

studiodosabor_bolodechocolate_chocolate_brownie

Bem-vindo à cozinha do Studio do Sabor. Sabemos que o mundo da culinária é fascinante, pensando nisso criamos o blog Na cozinha do Studio do Sabor para compartilhar com vocês dicas de culinária, receitas deliciosas para o dia a dia e para as ocasiões especiais, como jantares para os amigos ou festas comemorativas.

O blog Na cozinha do Studio do Sabor é um convite para você conhecer um pouco mais sobre o mundo da gastronomia que exploramos nas aulas oferecidas no Studio do Sabor. Que conta com cursos de culinária básica, intermediária e avançada para todas as faixas etárias e ajuda a organizar o dia a dia da sua casa, montando cardápios personalizados.

Conheça também o café bistrô e o espaço para eventos do Studio: http://bit.ly/192Lizp